quarta-feira, 25 de novembro de 2015

Aniversário da Kata

segunda-feira, 5 de outubro de 2015

5 de outubro de 1143, Portugal país soberano – O Tratado de Zamora

872º ANIVERSÁRIO DA FUNDAÇÃO DE PORTUGAL

Hoje comemora-se o centenário da república, mas quem se lembra que foi neste dia.

À 872 anos, que Portugal se tornou no País soberano? Pois é, desde o Tratado de Zamora que somos um país, vamos dar um pouco mais de importância a esta data!

  Independencia de Portugal

O Tratado de Zamora foi o resultado da conferência de paz entre Afonso Henriques e o seu primo, rei Afonso VII de Castela e Leão, a 5 de Outubro de 1143, marcando geralmente a data da Independência de Portugal e o início da dinastia Afonsina. Após uma vitória em Ourique, em 1139, D. Afonso Henriques consolidou a sua posição para formar um novo Reino, com o apoio do Arcebispo de Braga.
Tratado Zamora

Foi neste dia, 5 de Outubro de 1143, que D. Afonso Henriques se tornou no primeiro Rei de Portugal, ou seja, D. Afonso I de Portugal.

segunda-feira, 20 de abril de 2015

Pessoas inteligentes têm mau feitio

Mau feitio 2 Se tens mau feitio és realmente inteligente!

Pois é, estudos realizados por um cientista australiano e publicado na revista científica Australasian Science comprovam que se tens mau feitio és realmente inteligente.
Quem tem mau feito tem uma inteligência acima da média: “O mau humor melhora o desempenho intelectual e também aumenta a memória”, assegurou o professor Joseph Forgas, da Universidade de Nova Gales do Sul, em Sydney.
“Um estado de ânimo positivo também tem as suas vantagens, mas estas estão relacionadas com outras áreas, tais como a criatividade, a flexibilidade e a cooperação. O mau humor, por outro lado, melhora a atenção e facilita um pensamento e um raciocínio mais prudente e coerente”, explica o artigo.
mafalda

“A nossa pesquisa sugere que o mau humor melhora as estratégias para processar a informação em situações difíceis”, acrescenta. As pessoas com um estado de ânimo mais descaído possuem ainda maior capacidade de argumentar as suas opiniões, especialmente por escrito, pelo que o artigo por fim conclui que “não é bom estar sempre de bom humor”.
Por isso, a partir de agora fica a dica, não me aborreçam e nem me chateiem muito porque eu sou realmente alguém que quando se me desperta a inteligência, é mesmo a sério

Mau feitio

António Estêvão

 

domingo, 19 de abril de 2015

5 maneiras de impedir que pessoas negativas afetem sua vida




É fácil identificar as pessoas que acabam com o moral do escritório ou estragam o clima festivo de uma reunião familiar. Suas atitudes negativas, pensamentos catastróficos e perspectivas fatalistas podem infiltrar as tropas e se espalhar como epidemias. E, apesar de não devermos desperdiçar tempo ou energia com essas pessoas, elas acabam tomando muito da nossa atenção.


Pessoas negativas também podem nos causar problemas no nível individual. Talvez seja o vizinho que te faz ranger os dentes. Ou o colega que você evita a qualquer custo. É importante reconhecer quando essas pessoas invadem sua vida.


Às vezes permitimos que esses indivíduos tóxicos influenciem nossos pensamentos, comportamentos e sentimentos. Seja falando mal de uma sogra durante duas horas ou lidando com um cliente nervoso, é importante reconquistar seu poder pessoal.
Eis cinco estratégias para retomar seu poder e reduzir o impacto das pessoas negativas na sua vida:

1. Proteja seu tempo

Se você não tomar cuidado, pessoas negativas podem monopolizar seu tempo – mesmo quando não estão por perto. É fácil passar duas horas sofrendo com a ideia de um encontro de uma hora com uma pessoa negativa. Some a isso mais duas horas reclamando para o seu parceiro e você terá dado cinco preciosas horas da sua vida para essa pessoa.
Não deixe que as pessoas negativas roubem seu tempo e sua energia. Em vez de reclamar das pessoas de que não gosta, tente puxar assuntos agradáveis. Igualmente, em vez de ficar o caminho inteiro para o trabalho pensando naquele colega que você não atura, ligue o rádio e ouça música para desestressar. Recupere seu poder limitando o tempo que você passa falando, pensando ou se preocupando com gente desagradável.

2. Escolha sua atitude

Passar tempo com pessoas negativas é uma das melhores maneiras de estragar o humor. O pessimismo e o fatalismo podem acabar com a motivação de qualquer um. Mas permitir que uma pessoa negativa dite suas emoções significa dar a ela poder demais sobre sua vida.
Escolha sua atitude de forma consciente. Crie um mantra (“Vou ser positivo hoje, apesar das pessoas que me cercam”) e o repita frequentemente para se manter nos trilhos. Respire fundo e decida que seu dia será ótimo, apesar do que os outros fizerem ou disserem.

3. Mantenha seus pensamentos em foco

Pessoas negativas costumam influenciar o que pensamos. Talvez você se distraia tanto com aquele colega sabe-tudo que não consegue contribuir com ideias durante uma reunião. Ou, em vez de pensar como melhorar seu desempenho, você passa mais tempo pensando como ficaria chateado se aquele chato fosse promovido.
Preste atenção como seus pensamentos mudam quando você está na presença de pessoas negativas. Quando mais tempo você passar sofrendo, se preocupando, ruminando, menos tempo terá para fazer coisas realmente produtivas. Faça um esforço consciente para desperdiçar menos energia mental com pessoas negativas.


  
4. Comporte-se de maneira produtiva
Se não tivermos cuidado, as pessoas negativas trazem o nosso pior para a superfície. Os pessimistas parecem ter o poder de aumentar nossa pressão arterial. Uma pessoa normalmente calma pode começar a gritar quando atinge seu limite de negatividade. Ou, depois de passar horas cercada por colegas negativos, um otimista pode se pegar tentando convencer os outros de que a empresa está destinada ao fracasso.
É tentador dizer: “Ela me enlouquece”. Mas culpar os outros por sua conduta só dá a eles mais poder. Quando você sai do sério, aceite a responsabilidade. Comprometa-se a controlar suas emoções e a manter-se fiel aos seus valores, apesar das circunstâncias.

5. Procure pessoas positivas

É difícil olhar o lado bom das coisas quando se está cercado de negatividade. Procure pessoas positivas para manter um senso de equilíbrio. Assim como as pessoas negativas podem te influenciar, o mesmo vale para as positivas.
Identifique as pessoas positivas da sua vida. Programe-se para passar tempo com elas. Um almoço rápido com um colega jovial ou uma caminhada com um amigo agradável pode ajudá-lo a se manter nos trilhos.
Decida que você não vai permitir que pessoas negativas controlem como você pensa, se sente e se comporta. Reconquiste seu poder e concentre seu tempo e sua energia no esforço de ser a melhor versão de você mesmo.

António Estêvão

 


________

segunda-feira, 16 de fevereiro de 2015

Ser “o melhor pai do mundo”



Ser “o melhor pai do mundo”






Vídeo O anúncio que está a emocionar o mundo
Ser “o melhor pai do mundo” exige um esforço diário. E fazer com que os filhos não se apercebam de quão árdua é a tarefa de ser pai é ainda mais difícil. A sensibilidade desta menina fê-la perceber e proporcionar ao mundo um momento emocionante.

Aos olhos dos filhos, os pais são, geralmente, os heróis que superam todas as barreiras.

http://barclaycard2012.solution.weborama.fr/fcgi-bin/adserv.fcgi?tag=1107638&f=10&h=R&rnd=42e6ea5195Mas, na sua ausência, a vida nem sempre proporciona momentos prazerosos. Para conseguir pouco, é preciso fazer muito e dar o máximo.



É o que faz o pai que protagoniza este anúncio da MetLife Hong Kong, uma companhia de seguros que tenta chamar a atenção daqueles que querem dar aos seus filhos um futuro melhor.

Veja e emocione-se.

Procure ser também o melhor pai, a melhor mãe, o melhor amigo do mundo!

 

domingo, 15 de fevereiro de 2015

Carnaval mais português de Portugal só em Torres Vedras



Carnaval mais português de Portugal só em Torres Vedras


Hoje é domingo de carnaval e como torriense que sou só podia ir para ao grande carnaval de Torres Vedras, o mais português de Portugal!


Tarde de domingo cheio de folia, com as ruas super cheias de todo o tipo de máscaras, mas com o Tema Amor em foco!

Com os Reis do Entrudo, sempre dois homens torrienses, este ano com os invulgares nomes de Dom Tintol Ama Troika Jamais e Dona Alvarinha Lovestory de Tanguinha. 

As “matrafonas” homens vestidos de mulher.

E milhares de mascarados sempre a dançar, pular e cantar…e copos na mão!

Estou lá sempre com muita animação! Este ano estive mais comedido e só um chapeuzinho com um coração e uns óculos a fingir! Mas não podia faltar!

Depois para animar esteve presente um canal televisivo, a Sic, que com o apresentador João Baião, que trouxe uma animação adicional!

Quem não conhece ainda este fantástico Carnaval convido a vir ainda este ano ou então para o próximo!

História e a tradição do Carnaval de Torres Vedras

A tradição de cá diz que foi em 1923 que se iniciou a tradição de fazer a receção ao Rei do Carnaval, "chegando no comboio, após o que percorreu as ruas da Vila, integrado num cortejo".
A Rainha surgiu pela primeira vez no Carnaval de 1924, ano em que se atingiu uma animação de rua nunca antes vista.
A persistência do modelo dos "Reis do Carnaval" de Torres é surpreendente pela sua composição (sempre dois homens, por razões que a tradição social explica), pela pose sarcasticamente grandiloquente, pelos adereços desconcertantes ou pela sua afirmação como referência a foliões.

As "matrafonas"

As "matrafonas", sendo um dos símbolos fortes do Carnaval de Torres, demonstram a capacidade de renovação assegurando a fidelidade à tradição.
Os grupos de "matrafonas", homens mascarados de mulher, surgem por volta de 1926, segundo testemunho oral.
Esses grupos "mais não eram do que indivíduos que vestiam um fato de mulher - mas que não ficava bem a senhora nenhuma, procuravam era vestir um fato que lhes ficasse horrivelmente mal e feio".
Inicialmente, esses homens eram homens do campo, com poucas posses para comprarem máscaras e recorriam às roupas velhas das mulheres lá de casa, usando caraças feitas com caixas de sapatos *.
As "matrafonas" persistem no Carnaval de Torres porque se tornaram num dos seus ícones mais fortes e atualizam a sua sátira.
Não se confundindo nunca com um travesti, as "matrafonas" ora satirizam alguns dos toques femininos mais vulgarizados, ora dão uma visão da mulher, nem sempre inocente e nunca isenta, na ótica masculina.
A Organização quer se candidatar a Património Imaterial da Humanidade, pela idade desde os inícios do século XX e pela tradição que nunca mudou, mantendo sempre as suas regras!

E o Carnaval são três dias e em Torres Vedras são seis!

Faz parte do meu grupo e para o próximo ano iremos dar azo a nossa Folia!
 

sábado, 14 de fevereiro de 2015

Dia dos Namorados, São Valentim e a Internet



Dia dos Namorados, São Valentim e a Internet



O Dia dos Namorados, em alguns países conhecido como Dia de São Valentim, é uma data especial e comemorativa na qual se celebra a união amorosa entre casais, namorados e em alguns lugares até com amigos. Sendo comum a troca de cartões e presentes com símbolo de coração, tais como as tradicionais caixas de bombons e mensagens de amor.

Em Portugal, assim como em muitos outros países, comemora-se no dia 14 de Fevereiro. 


No Brasil, a data é comemorada no dia 12 de junho, véspera do dia de Santo António, também conhecido pela fama de "Santo Casamenteiro".

Trata-se de uma das ocasiões do calendário nas quais se celebra o amor e o romance, e alguns acreditam que a versão moderna da celebração é um produto comercial com interesses em ganhos comerciais.

Então o que realmente sabemos da data mais romântica do calendário?

 

Origens pré-cristãs

O dia de São Valentim é uma tradição antiga que teria se originado em um festival romano de três dias chamado Lupercalia.

O festival celebrava a fertilidade e ocorria no meio de fevereiro. Seu objetivo era marcar o início oficial da primavera.

Nos séculos seguintes a Igreja decidiu erradicar celebrações pagãs e por isso transformou o evento em uma festa cristã, em homenagem a São Valentim.

O primeiro dia oficial de São Valentim foi declarado em 14 de fevereiro do ano de 496, pelo papa Gelasius, em homenagem a um mártir que tinha esse nome.

Casamentos
A história conta que o imperador Claudius baniu os casamentos por acreditar que homens casados se tornavam soldados de má qualidade.
Valentim, porém, defendeu que o casamento era parte do plano de Deus e dava sentido ao mundo. Por isso, ele quebrou a lei e organizou casamentos em segredo.
Quando Claudius descobriu, Valentim foi preso e sentenciado à morte.
Na prisão, ele se apaixonou pela filha de um carcereiro. No dia do cumprimento da sentença, ele enviou uma carta de amor à moça assinando: "do seu Valentim" – o que originou a prática moderna de enviar cartões para a pessoa amada.

Popularidadee comercialização

Apesar dos cristãos antigos terem começado a celebrar o dia de São Valentim, apenas ao longo da Idade Média e dos períodos posteriores a celebração começou a ser associada com amor romântico e troca de presentes.

O costume de trocar cartões de papel com a pessoa amada já havia sido estabelecido na Idade Média, mas apenas se tornou um grande negócio depois da revolução industrial, que tornou possível a produção em massa de cartões.

Hoje a data gera grandes negócios no mundo inteiro.

Assim, a data reúne elementos religiosos, românticos e comerciais.

Das mensagens de cartões, nos finais do século XX surgiram as tecnologias para mandar as mensagens, as muito populares sms por telemóvel e as mensagens via internet.

Na Internet há vários sites de encontros amorosos para encontrar namoro, onde se trocam mensagens até se encontrar o par ideal.


Depois havia o messenger da e outros tantos chats onde se mete conversa.
E como dizia uma pessoa famosa na televisão “fui tão feliz em…” e eu digo fui tão feliz na internet, pois foi através de uma conversa de chat que conheci minha mulher com quem estou casado…a vida tem destas coisas e a internet traz-nos muitas oportunidades, é só preciso usa-la com um determinado objetivo e consegui-lo e eu consegui!

Usa a internet para os teus objetivos! Para namorar, para comprar, para vender, para negócios e para divulgar coisas que escreves!

Feliz dia dos Namorados!